A Nokia saiu do mundo dos smartphones, mas nem por isso deixou de desenvolver produtos inovadores. Em julho, ela apresentou a Ozo, uma câmera em forma de esfera com diversas lentes e sensores com capacidade para filmar em 360 graus. Nesta terça-feira (1) a empresa finlandesa divulgou por quanto pretende vender a supercâmera e o preço é nada convidativo: US$ 60 mil, aproximadamente R$ 230 mil.

Câmera Holga, top nos anos 80, encerra fabricação; saiba comprar no Brasil

Mas por que será que custa tão caro? Um dos motivos está ligado a realidade virtual. Descubra o que o dispositivo é capaz.

Ozo pode ser usada para filmagens em 360 graus (Foto: Divulgação/Nokia)

A primeira coisa a ser analisada é que a Ozo não é para um usuário comum. Ela é destinada a indústria cinematográfica. Com o lançamento de vários dispositivos de realidade virtual, como o Samsung Gear VR, o Sony PlayStation VR e o Oculus Rifit, a expectativa é que cresça a demanda por conteúdos que utilizem a tecnologia. De acordo com um relatório da consultoria Piper Jaffray, até 2020 o mercado de realidade virtual deve movimentar US$ 30 bilhões, algo em torno de R$ 115 bilhões,  por ano.

A Ozo conta com o tamanho de um melão e pesa aproximadamente 4 kg, sendo portátil o suficiente para que possa ser colocada , por exemplo, em um drone para filmagens aéreas. Outra vantagem é a capacidade de transmitir imagens ao vivo.

Ao todo a câmera conta com oito sensores de imagem sincronizados e  com capacidade para filmar em 4K em 30 frames por segundo. O áudio também é um dos diferenciais. São oito microfones com captação surround posicionados para dar o efeito real de som em 360 graus.

Qual é a melhor câmera de ação concorrente da Go Pro? Comente no Fórum do TechTudo

Para se ter noção do quanto de informação é captado através dos oito sensores, o SSD interno de 500 GB �

... � capaz de armazenar apenas 45 minutos de gravação.

O modelo conta ainda com Wi-Fi, saída HDMI e permite ser controlado remotamente por um aplicativo disponível para Mac.

Entre as aplicações está no cinema. Em um futuro muito próximo ao invés de óculos 3D poderemos usar óculos de realidade virtual. Imagina termos a perspectiva em 360 graus de uma cena? Parece futurista, mas a Ozo está aí para mostrar que não estamos tão longe assim.

Via Engadget



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.