Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

Comprar a casa própria é um dos maiores investimentos da vida, e é por isso que demanda muito planejamento e cuidado na decisão. Para quem não tem condições de quitar o bem à vista, existem diversas opções de financiamento disponíveis, que apresentam condições cada vez mais compatíveis com o poder de compra de cada um.

Caso você já tenha passado por outro processo parecido, deve saber que a aquisição de um imóvel envolve diversos fatores e que, ao mesmo tempo, sempre é possível de ser finalizada com sucesso.

Acredita que está pronto para comprar a casa própria? Então siga as nossas recomendações!

1. Verifique a condição de financiamento

Procurar por imóveis que atendam às necessidades do futuro morador é sempre uma boa forma de começar a planejar. No entanto, muita gente comete o erro de pesquisar sem antes conferir as condições de financiamento junto ao banco.

Imagine que você tenha dedicado um longo período para a procura da casa perfeita e, quando decide fechar negócio, percebe que o limite disponível para fazer o empréstimo não é o suficiente. Frustrante, não?

Para evitar imprevistos e desapontamentos, a dica é realizar uma simulação com diferentes bancos antes de sair pesquisando imóveis. Mesmo que você tenha uma agência preferida, o ideal é que se conheça as condições de todos os bancos, já que sempre poderá encontrar aquele com oportunidade mais acessível.

A vantagem é que a maioria das simulações são gratuitas e ajudam você a ter uma base de quanto poderá investir no financiamento. Realizada a simulação, faça um teste no mês seguinte: reserve o montante que seria usado no empréstimo para saber se terá condições de destinar essa parte da renda – todo mês – para a nova casa.

2. Avalie o contrato com cuidado

Por mais atrativa e bonita que a nova casa possa parecer, contenha a empolgação e não assine o contrato sem antes avaliá-lo com cuidado. Se for preciso, dedique um bom tempo para a leitura do mesmo, procurando possíveis detalhes que não estejam de acordo com o bem apresentado.

Para não correr o risco de ficar em desvantagem, o ideal é que se faça pelo menos três visitas ao imóvel antes de passar a caneta no documento. Priorize o período diurno e observe todos os detalhes de cada cômodo, a fim de conferir se todos estão em boas condições de uso e sem defeitos de execução.

Formalizar e registrar todos os acordos em documento é a melhor forma de se proteger contra fraudes e o descumprimento de serviços. Assim, se o contrato apresentado não descreve todas as decisões e responsabilidades das partes envolvidas, o ideal é solicitar revisão e conversar com o vendedor ou corretor para que um novo contrato seja elaborado. Com esse cuidado, você evita a dor de cabeça gerada com uma decisão imatura.

3. Confira o manual do proprietário

A maioria dos imóveis hoje possui um memorial descritivo rico em detalhes, que pode ser conferido em forma de manual pelo comprador. Solicite o mesmo ao proprietário e atenha-se à informações dos elementos de acabamento, materiais utilizados, estruturas e outros itens que considera relevantes na nova casa.

Poder contar com esse manual faz toda a diferença na hora de cobrar as características que foram ofertadas no anúncio da residência, por isso, faça questão de realizar a leitura para comparar informações.

4. Evite confronto durante as negociações

Considerando a importância da negociação para o sucesso de ambas as partes, é fundamental que compradores e vendedores trabalhem em conjunto. Pode parecer exagero, mas a boa convivência entre os envolvidos nem sempre acontece durante um processo de compra e venda de imóvel. Isso porque boa parte das pessoas costumam entrar em um negócio cheias de expectativas e exigências, ao passo que pouco se esforçam para obter a simpatia do outro.

Sabemos que conter o ânimo em um momento tão decisivo e cheio de ansiedade nem sempre é fácil, porém, repensar as próprias atitudes antes de agir pode ser a chave para a criação de uma boa relação entre comprador e vendedor. Com respeito mútuo, a conquista de uma casa sem complicações é quase certa e você verá que nem precisou se esforçar tanto para isso.

5. Conte com a ajuda de um corretor

Seja para auxiliar na procura inicial de imóveis ou na avaliação das condições de uma casa, é fato que o corretor é o profissional mais capacitado para isso. Com conhecimento de mercado e condições de investimento, o corretor poderá ajudá-lo a tomar decisões com mais confiança e segurança.

Além disso, tanto imóveis novos quanto usados precisam ser bem observados antes da compra, e com ajuda profissional qualquer detalhe ou problema é identificado facilmente.

Você pode também descrever as características que deseja em uma nova casa para o corretor, que fará um levantamento das principais opções disponíveis e levará em conta o seu poder de compra no momento.

Para uma experiência mais tranquila, não se esqueça de conferir se o profissional contratado está registrado no Conselho Regional de Corretores de Imóveis (Creci). Essa informação pode ser facilmente acessada no próprio site do conselho.

6. Pergunte e tire suas dúvidas, sempre

Na hora de comprar um imóvel, ter o perfil de consumidor curioso é uma vantagem enorme. Isso porque perguntar e tirar todas as dúvidas que surgem na cabeça é uma forma eficiente de garantir o sucesso na negociação.

Se você é uma daquelas pessoas que têm certo receio de questionar a outra parte, lembre-se que uma casa é um bem valioso e também um investimento para o futuro. Sendo assim, acha que poderia se contentar com uma decisão arriscada pela falta de atitude?

Pense no bem-estar próprio e da sua família na hora de tomar sua decisão. Não tenha vergonha, pergunte sobre tudo o que tiver vontade, pois é seu direito. E não hesite em conferir a veracidade das informações contidas em cada documento.

Para quem não está acostumado, essa atitude pode até parecer chata e desnecessária, mas com certeza faz parte da rotina de quem conquista os benefícios próprios com sucesso. Faça a sua parte como decisor e garanta uma vida mais feliz na nova casa.

Ficou com alguma dúvida ou tem contribuições para o post? Deixe um comentário!


Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.