Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

Por Rodrigo Fernandes, Para o TechTudo


Criar vídeo a partir de fotos e músicas salvas na memória do celular pode ser fácil com a ajuda de aplicativos grátis para Android e iPhone (iOS). Os recursos necessários são oferecidos por softwares como VideoShow, InShot e Quik, da GoPro, que permitem adicionar textos, músicas como trilha sonora e efeitos como molduras, adesivos e animações para incrementar as imagens. As ferramentas são úteis para criar clipes românticos, slideshows e homenagens para amigos para postar nas redes sociais, como Instagram, Facebook e WhatsApp.

O TechTudo reuniu cinco editores disponíveis para download na App Store e na Google Play Store. Todas as opções estão em português e criam vídeos de forma fácil, que exibem uma pré-visualização do resultado para que o usuário edite o clipe da maneira que preferir. Confira a lista a seguir e conheça as melhores opções de aplicativos.

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

1. VideoShow

Um dos aplicativos mais famosos do segmento, o VideoShow é um editor de vídeos que cria slideshows de forma fácil. Depois de selecionar as imagens, é possível reordená-las na sequência que quiser. Além disso, também é possível, inclusive, alterar a velocidade de exibição de cada arquivo. O serviço não impõe um limite de fotos a serem utilizadas e permite que sejam criados vídeos mais longos e detalhados.

A ferramenta de edição disponibiliza vários efeitos para deixar os vídeos mais personalizados, como molduras, animações de transição, textos com várias cores e fontes, adesivos, GIFs, além de oferecer temas pré-definidos. Entre os efeitos sonoros possíveis de serem adicionados, estão músicas completas exportadas de uma galeria própria ou do serviço de música do usuário, como Apple Music, além de dublagens e outros tipos de sons.

Um dos pontos negativos do serviço é a presença de uma marca d’água com a logomarca do app, aplicada no canto inferior dos vídeos criados na versão grátis. Para removê-la, é preciso assinar a versão completa, que custa a partir de R$ 84,90.

2. VivaVideo

Com o VivaVideo, o usuário pode criar clipes com fotos e vídeos da memória do celular, e ainda exportar arquivos do Facebook e do Instagram. O usuário pode selecionar temas pré-determinados como "Aniversário", "Amor", "Amizade" e "Verão" e adicionar efeitos visuais e trilha sonoras específicos de acordo com a abordagem. No entanto, é possível criar um vídeo do zero e adicionar seus próprios efeitos para deixá-lo ainda mais exclusivo.

Durante a edição, é possível ajustar a duração do vídeo, usar filtros, cortar imagens e inserir efeitos de transição entre uma foto e outra. O app disponibiliza um catálogo com músicas próprias para serem utilizadas como trilha sonora, mas o usuário pode baixar outras faixas da Internet e ainda utilizar canções da memória do celular ou do iTunes.

Ao final, o usuário poderá salvar o vídeo em diversos formatos, inclusive em Full HD. Os clipes também exibem uma marca d’água com a logomarca do aplicativo. Para removê-la, é preciso pagar pelo plano VIP, que custa a partir de R$ 40,99.

3. PhotoGrid

Além de fazer colagens, o PhotoGrid também cria vídeos com fotos da galeria do celular. O editor possui um layout agradável, o que torna a edição do slideshows mais fácil. Durante a edição das imagens, é possível ajustar os traços de luminosidade, como brilho, contraste e saturação, aplicar efeitos e filtros coloridos, além de transições animadas e molduras estampadas.

A seção de músicas permite adicionar canções internacionais como trilha sonora do vídeo. O catálogo do serviço é extenso e dividido entre vários gêneros, como "Pop", "Instrumental", "Eletrônica" e "Rock". O usuário também pode enviar músicas salvas na memória do telefone ou armazenadas no Google Drive, software de backup do Google. Diferente dos concorrentes, o PhotoGrid não exibe sua logomarca nos vídeos, o que deixa a imagem limpa e sem propaganda.

4. InShot

O InShot permite criar clipes a partir de fotos e vídeos salvos na galeria do celular. Caso a imagem seja menor que o formato de vídeo, o app cria um fundo em degradê para não deixar a imagem sem proporção, mas é possível determinar qualquer tamanho para se adequar às redes sociais. Durante a edição, é possível adicionar filtros espelhados, efeito de neon ou traços de desenho. Também é possível inserir textos e adesivos animados para aumentar a personalização do arquivo audiovisual.

O app permite adicionar efeitos sonoros, gravações de áudio captadas pelo microfone e músicas, que podem ser enviadas do catálogo do app, da memória do aparelho ou do iTunes, no caso do iPhone. O serviço também cria vídeos sem marca d’água gratuitamente – isso o torna uma boa opção para os usuários que preferem arquivos sem interferências visuais.

5. Quik

O Quik é o editor de vídeos da GoPro, mas não é preciso possuir uma câmera da fabricante para utilizá-lo. Com o programa é possível criar clipes com fotos salvas na memória do celular. Após selecionar os arquivos, o usuário pode selecionar temas pré-estabelecidos para criar seus slideshows, com diferentes estilos de transição entre fotos, todos com toque de modernidade, que lembram colagens animadas.

Cada tema possui uma trilha sonora específica, mas o usuário pode mudá-la, ao optar pelas diversas faixas do catálogo do aplicativo. O serviço também permite alterar o texto de abertura dos vídeos, aplicar filtros coloridos e determinar a duração de exibição de cada imagem na tela. Ao final das edições, os interessados podem salvar o arquivo no celular ou compartilhar diretamente com as redes sociais. O vídeo exibe sua logomarca no final do vídeo.

Photoshop ou Lightroom: quando usar um ou outro? Comente no Fórum do TechTudo.

Como usar presets do Lightroom para editar suas fotos do Instagram

Como usar presets do Lightroom para editar suas fotos do Instagram

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.