MIUI 12 é a interface da Xiaomi para acrescentar novos recursos ao sistema Android. Ela marca presença em uma penca de celulares da marca, como Mi 10, Redmi Note 9 e K20. Os lançamentos mais recentes – como o Mi 11 – já saem de fábrica com Android 11 e MIUI 12. Nas linhas a seguir, saiba quais são as novidades da Xiaomi para turbinar o uso do aparelhos.

Há diversos recursos presentes na MIUI, como mudanças no visual e na exibição das notificações. A gigante chinesa também promete avanços na proteção da privacidade dos usuários. Não custa lembrar que a Samsung também tem uma abordagem parecida para o Android por meio da One UI 3.1.

Tela de bloqueio e aplicativos

Os papéis de parede são um dos aspectos que marcam presença na nova interface da Xiaomi. Os wallpapers 3D chamados de “superpapéis de parede” contam com opções de imagens da Terra e de Marte, ambas com um aspecto dinâmico. Ainda na tela de bloqueio, é possível apontar mudanças no relógio, no dia da semana e no mês, que agora ficam acomodados no canto superior da tela.

Além disso, a gaveta de aplicativos, já existente em outras interfaces, passa a integrar o arranjo dos celulares da gigante chinesa a partir de agora. A personalização da gaveta de apps pode ser feita por meio da alteração da cor de fundo ou o nível de transparência. Além disso, é possível escolher aplicativos para o menu inicial por lá.

O ícone dos aplicativos agora traz uma animação diferente ao fechá-lo, na transição para a tela inicial. Além disso, eles interagem de forma dinâmica a ações como a exclusão de outro app e o rearranjo dos que ficaram, por exemplo. Vale dizer também que o design de algumas funções do smartphone ganharam animação. Nesse sentido, os espaços de armazenamento e informações da bateria, que ficam nas configurações, serão apresentados por meio de gráficos e outros elementos visuais que conferem dinamismo na exibição de informações do telefone.

Novo modo escuro

O modo escuro 2.0, por sua vez, traz a opção de escurecer até mesmo papel de parede. A atualização dessa função apresenta a possibilidade de mudar gradualmente para esse modo da tela, acompanhando o dia com a cor normal e escurecendo a tela com a chegada da noite.

Outro ponto é a função de forçar o modo escuro para aplicativos que não trazem a ferramenta nas próprias configurações, de modo a ampliar a abrangência da função.

Câmera

A câmera passa por mudanças, mas uma das alterações de destaque é a ferramenta que permite exibir e gravar vídeos sincronizando as duas câmeras: frontal e traseira. Dessa forma, é possível visualizar o que está sendo capturado pelos dois arranjos ao mesmo tempo.

É possível também reorganizar os recursos da câmera, escolhendo os que podem ficar aparentes e a ordem deles. Tema e conjunto de efeitos sonoros também podem ser selecionados entre algumas opções ofertadas pela nova interface. Por fim, um dos efeitos vistos nessa nova janela é a tela inteira dedicada para a imagem que está sendo capturada, a qual dispensa os ícones que costumam ficar expostos, pelo menos durante a gravação.

Notificações de mensagens

As notificações agora ficam agrupadas por aplicativo em um único card, agora com um espaço exclusivo para elas. É possível acessar a barra de notificações sem sair da janela que está sendo usada, assim como também é possível interagir com essas notificações, arrastando elas para o lado.

Outra novidade no aspecto das interações da tela são as janelas flutuantes, uma ferramenta que permite sobrepor um aplicativo sob o outro para visualização simultânea. Para usá-las, basta acessar a “Visão Geral” e dimensioná-la para conseguir o tamanho ideal.

... /div>

Centro de controle

A nova interface é demarcada pela chegada do centro de controle, com design bem próximo do que é visto no iOS. Dessa forma, o ícone da lanterna, do Bluetooth, do modo avião e outros ficam agrupados nessa central, que pode ser acessada arrastando o dedo para baixo partindo de qualquer local da tela. Por outro lado, aqueles que não gostarem da nova configuração de controle, podem selecionar o antigo arranjo do MIUI 11.

Mi Health e Modo Foco

O aplicativo Mi Health já oferecia um contador de passos, mas agora amplia o controle para atividades como ciclismo, corrida e até subida de escadas. Na atualização, existe também um marcador da qualidade do sono e um alerta para usuários que passarem muito tempo sentados.

Ainda no quesito bem-estar, mas direcionando ao aspecto digital, o modo foco, que antes usava o padrão do Google, assume uma nova versão com o MIUI 12. Os gráficos de uso trazem animações para expor o tempo de uso do telefone, passando por contagens diárias e semanais.

O Modo Foco oferece uma ferramenta para determinar um tempo diário de exposição à tela, além de proporcionar um recurso para forçar a parada do uso do celular por um determinado tempo, disponibilizando apenas o discador e a câmera nesse período.

Privacidade

A privacidade é outro aspecto melhorado na atualização para a MIUI 12, visto que agora as permissões aos aplicativos podem ser concedidas apenas enquanto o usuário estiver no app – quantas vezes forem necessárias. É possível checar os dados que estão sendo compartilhados, bem como analisar o comportamento do aplicativo no smartphone.

Ainda nesse sentido, sempre que um app estiver usando uma informação confidencial, o usuário será notificado na tela sobre essa atividade. Por fim, um sistema de “máscara” foi implantado para que informações em branco sejam enviadas para proteger dados de aplicativos não seguros.

Quanto ao compartilhamento de fotos, a Xiaomi buscou remover microdados que costumam acompanhar as imagens, às vezes sem que o usuário saiba. Os arquivos não carregam mais os detalhes do aparelho que fez o clique.

Mi Share

Assim como o Quick Share e o AirDrop, o Mi Share compartilha arquivos entre dispositivos Xiaomi, seja com outro smartphone ou com um notebook. A diferença é que esse sistema de compartilhamento contempla alguns modelos de outras três fabricantes – OPPO, Vivo e Realme.

Ao selecionar um arquivo, o serviço Mi Share sugere um dispositivo para realizar a transferência.

É possível encontrar mudanças para além das citadas, como uma ligeira alteração no gerenciador de arquivos, que agora permite personalizar o método de organização. Também é notável que a exibição da previsão do tempo se adequa aos novos padrões mais dinâmicos, uma vez que tenta trazer uma tela interativa para exibir informações sobre o clima. Questões como o modo de economia da bateria também foram contemplados, já que agora é possível segurar os 5% de carga por até cinco horas.

Mais de 40 aparelhos que foram incluídos na lista da MIUI 12. Os mais recentes tiveram prioridade, mas a nova interface também chega para modelos como Redmi 6A, Redmi Note 5 e Mi 8.

Com informações de Xiaomi, Android Authority e Android Central



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

A primeira plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.