O Google tem investido bastante nos mercados de streaming e venda de música. Para competir com serviços como Spotify, Deezer e Apple Music, a gigante de buscas conta com nada menos do que quatro plataformas distintas: YouTube Red, YouTube Music, Google Play Música e Google Play Store.

YouTube Red: Como funciona a versão paga do site

Para quem estiver confuso com tanta variedade, a lista a seguir pode ajudar a resolver as dúvidas sobre cada aplicativo de música da desenvolvedora. Há opções para comprar faixas, assistir a vídeos ou apenas ouvir canções online. Veja qual é a melhor ferramenta para cada perfil de usuário.

Google tem quatro programas diferentes para YouTube e Play Music (Foto: Divulgação/Google)

YouTube Red: para quem odeia anúncios e quer mais funcionalidades

O YouTube Red é um serviço de assinatura que pode ser comparado ao plano pago do Spotify, embora seja focado em vídeos. Parecido com o rival, o serviço premium adiciona funcionalidades ao aplicativo do YouTube e remove os anúncios do site, tanto em celulares e tablets, como no PC. 

YouTube Red adiciona funcionalidades e conteúdo exclusivo ao aplicativo de vídeos do Google (Foto: Reprodução/Elson de Souza)

Ao assinar o Red, o usuário do YouTube poderá ainda reproduzir vídeos em segundo plano, fazer download do conteúdo para assistir offline no metrô ou em viagens, além de ter acesso ao material exclusivo do site. O Red libera ainda os outros serviços do Google, como o YouTube Music e o YouTube Gaming.

Para a tristeza dos fãs do YouTube, o Red ainda não está disponível no Brasil nem tem previsão de chegada. O preço nos Estados Unidos é de US$ 9 (R$ 34, na cotação atual).

YouTube Music: foque na música

Ainda que tenha um grande acervo de músicas, os outros conteúdos do YouTube faz com que videoclipes de artistas se percam no site. Para resolver esse problema, o Music foi criado: um aplicativo focado apenas no conteúdo musical do site, com funções e sugestões específicas.

YouTube Music foca apenas no conteúdo musical do site de vídeos (Foto: Reprodução/Elson de Souza)

Para começar, é possível usar o programa em dois modos: Vídeo, para mostrar clipes, ou Áudio, para somente ouvir músicas. Além disso, o Music exibe estações personalizadas para a conta no YouTube, as faixas mais populares e

... curtidas de usuários. Por fim, ao escutar uma faixa, o app sugere outras versões da canção, como covers, acústicos e shows.

O YouTube Music funciona como uma curadoria de conteúdo e ferramentas para quem gosta de música. Vale lembrar que o recurso não está disponível no Brasil ainda. O app pode ser ouvido gratuitamente, mas permite reprodução offline e em segundo plano para clientes do plano Red.

Play Music: escute CDs completos dos artistas preferidos

O Play Music é um serviço de streaming de músicas clássico como Apple Music e Rdio. Enquanto YouTube Red e YouTube Music trabalham apenas com o conteúdo postado no site de vídeos, o Play Music traz a discografia completa dos artistas para reproduzir online e offline. No total, são mais de 35 milhões de faixas disponíveis.

Play Music é um serviço de streaming concorrente do Spotify, Apple Music e Rdio (Foto: Divulgação/Play Store)

No plano ilimitado, o aplicativo permite ao usuário criar playlists e baixar músicas para escutar offline no Android ou iOS. Além disso, é possível ouvir estações sugeridas pelo Google e enviar as músicas ausentes para o Google Drive, garantindo que você não ficará sem artistas como Beatles e Taylor Swift.

O Play Music está disponível no Brasil e o acesso ilimitado custa R$ 14,90 por mês. Além das versões para Android e iOS, o aplicativo funciona em versão web no Chrome.

Qual é o melhor serviço de streaming? Comente no Fórum do TechTudo.

Play Music Store: o iTunes do Google

Quem não gosta de serviços de assinatura e prefere comprar álbuns pode usar a função na Play Music Store. Na loja oficial de aplicativos, músicas, filmes e livros, o usuário tem a opção de comprar álbuns inteiros ou músicas avulsas para escutar no computador, smartphone ou tablet.

Play Store vende músicas e discos avulsos como no iTunes da Apple (Foto: Reprodução/Elson de Souza)

Diferentemente do streaming, a Play Store dá acesso definitivo ao usuário e tem conteúdos que não estão presentes em serviços como o Spotify, como álbum "25" da cantora Adele, o disco "1989", da Taylor Swift, e a discografia do The Beatles.

Qual a melhor opção para você?

Se você gasta horas no YouTube e sente falta de poder baixar vídeos para assistir em casa ou na rua, o Red promete ser uma boa opção. Já o YouTube Music serve como um complemento do serviço de assinatura do Google, embora também tenha versão gratuita. 

Quantas horas levaria para assistir todos os videos do Youtube? Descubra no Fórum do TechTudo.

Já para quem quer apenas ouvir CDs dos artistas preferidos sem se preocupar com o quanto vai pagar no fim do mês, o Play Music oferece conteúdo completo a um preço fixo mensal. Por fim, a Play Store é para quem prefere consumir música do jeito "tradicional": pagar pelos álbuns ou músicas individualmente.

Nos Estados Unidos, por exemplo, os assinantes do YouTube Red ganham acesso ao Play Music ilimitado e vice-versa. Isso pode ser bastante útil e animador, caso o mesmo processo ocorra no Brasil, pois o usuário poderá levar dois serviços pelo valor de um.



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.