Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

A NVIDIA trouxe para a BGS 2016, realizada em São Paulo entre os dias 1 e 5 de setembro, a sua nova linha de placas de vídeo GTX série 10 para desktops e notebooks. Com máquinas de alto desempenho, os visitantes experimentaram Overwatch, Dead by Daylight, For Honor em qualidade máxima, além do aguardado Tekken 7 em resolução 4K. A seguir, confira as primeiras impressões da nova Geforce. 

Acompanhe a cobertura da Brasil Game Show 2016

Acessíveis aos jogadores em computadores e notebooks de fabricantes famosas, como Avell e Alienware, as novas placas da Nvidia justificam o preço elevado – a partir de R$ 3,2 mil pela GTX 1080 e R$ 2,2 mil pela GTX 1070 no Brasil, em período promocional e por tempo limitado em comemoração ao evento – para oferecer a melhor performance da atualidade.

Confira as primeiras impressões das placas da série 10 da Nvidia (Foto: Victor Teixeira/TechTudo)Confira as primeiras impressões das placas da série 10 da Nvidia (Foto: Victor Teixeira/TechTudo)

Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

Diferente das gerações anteriores de placas de vídeo, a linha 10 foi concebida em novo design para ser inserida nos notebooks sem qualquer restrição por conta da moderna arquitetura Pascal, que proporciona o triplo de desempenho em comparação a geração anterior.

Isso significa que a linha mobile foi deixada de lado justamente para que as plataformas móveis possam obter o mesmo desempenho dos desktops, mesmo acomodados em cases menores e, consequentemente, limitados em espaço.

O sistema de resfriamento moldado para proporcionar superioridade em dissipação de calor realmente faz diferença na prática. Durante os testes com o notebook gamer da Avell, montado com uma Geforce GTX 1070, a máquina se manteve resfriada em temperatura ambiente durante todo o gameplay.

GTX 1080, assim como as 1070 e 1060, ganha reforço das versões para notebooks e computadores tudo-em-um (Foto: Divulgação/Nvidia) (Foto: GTX 1080, assim como as 1070 e 1060, ganha reforço das versões para notebooks e computadores tudo-em-um (Foto: Divulgação/Nvidia))GTX 1080 e 1070 fazem parte da linha Geforce GTX série 10 (Foto: Divulgação/Nvidia)

Mesmo com a taxa de frames por segundo travada a 120 frames - o que é algo surpreendente tendo em vista que The Witcher 3: Wild Hunt é um jogo com configurações exigentes - o jogo não apresentou nenhum tipo de problema de performance. Pelo contrário, o game surpreendeu ao rodar na placa da Nvidia, com texturas em qualidade extrema, densidade em vegetações e nível de detalhamento profundo por conta do recurso Hairworks.

Outro ponto a ser ressaltado da linha GTX 10 é a possibilidade de manter duas configurações armazenadas no PC para situações distintas: uma para o laptop conectado na tomada e, é claro, outra voltada ao periférico desconectado do cabo de energia.

Na prática, isso faz com que o jogador mantenha o game em alta qualidade sem ter um consumo excessivo de bateria. Ao invés de ter que reduzir os padrões gráficos, por exemplo, o usuário pode manter a performance elevada em qualquer lugar por longos períodos sem a necessidade de realizar modificações manuais com frequência.

Como montar um PC gamer com até R$ 2.500? Comente no Fórum do TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.