Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

Atualmente, os discos rígidos dos computadores da Apple, MacBooks, ficaram menores. Isso aconteceu devido a adoção dos discos SSDs nos modelos mais recentes. Por isso, a capacidade de armazenamento base de um novo Mac começa com apenas 128 GB. Por esse motivo, o macOS Sierra incluiu um novo conjunto de recursos que procura fazer a otimização do espaço no disco rígido. Ou seja, para otimizar o espaço de armazenamento, o sistema operacional analisa o conteúdo do disco rígido de um usuário e classifica alguns arquivos com “purgável”.

Como formatar uma unidade com o sistema de arquivos APFS no MacOS Sierra

Como ativar a limpeza automática da lixeira no MacOS (Foto: Divulgação/Apple) (Foto: Como ativar a limpeza automática da lixeira no MacOS (Foto: Divulgação/Apple))O que é ‘Espaço Purgável’ no MacOS e como usar (Foto: Divulgação/Apple)

O que é o Espaço Purgável?

O termo “Purgável” descreve os arquivos que o macOS decidiu que poderiam ser excluídos, se necessário. Isso é semelhante a exclusão de dados feitas em um disco rígido: os dados são marcados como lixo, mas só serão realmente apagados quando o sistema os substituir por uma nova informação no mesmo local onde as antigas se encontram.

Ou seja, os dados purgáveis ainda existem como arquivos reais e são acessíveis, mas o macOS considerou esses arquivos descartáveis.

Infelizmente, não é possível ver exatamente quais arquivos o sistema operacional tem marcado como purgável. Você também não pode limpar o espaço purgável a menos que recorra a algum hacking no Terminal.

Entretanto, é possível ter uma ideia geral do que pode ser marcado como purgável e, com isso, ajudar o sistema a melhorar a otimização do espaço em disco rígido.

Entenda o que é Espaço Purgável no MacOS e como usar isso (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Entenda o que é 'Espaço Purgável' no MacOS e como usar isso (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)

Que tipo de arquivos podem ser considerados purgáveis?

Dois fatores principais servem para definir se um arquivo é purgável: a data em que foi aberto pela última vez e se o arquivo está disponível no iCloud.

Se o arquivo pode ser baixado sob demanda do iTunes, Fotos ou iCloud, e ele não foi aberto por um tempo, há uma boa chance dele ser marcado como Purgável.

Outros arquivos que podem ser considerados são programas de TV e filmes em sua biblioteca do iTunes que já assistiu, dicionários de idiomas estrangeiros e fontes grandes, não latinas e que nunca foram usadas.

Melhorar a otimização do espaço em disco

O armazenamento otimizado não se restringe apenas ao arquivos purgáveis. O macOS Sierra também oferece recursos para ajudá-lo a gerenciar melhor seu espaço de armazenamento.

Infelizmente, as operações de otimização de armazenamento do Sierra estão ocultas da visão do usuário. Você não precisa tomar qualquer ação direta para se beneficiar do básico, mas pode dar uma olhada no capô do sistema para obter mais controle.

Passo 1. Para fazer isso, clique no ícone da maçã no painel do sistema, depois na opção “Sobre este Mac”. Na janela que será exibida, toque na guia “Armazenamento” para ver a distribuição do seu armazenamento em disco. Em seguida, clique no botão “Gerenciar…”;

Acessando a opção de gerenciamento do armazenamento do Mac (Foto: Reprodução/Edivaldo)Acessando a opção de gerenciamento do armazenamento do Mac (Foto: Reprodução/Edivaldo)

Passo 2. Isso abrirá uma janela com mais com informações do sistema. No lado esquerdo tem algumas categorias de arquivos, incluindo Aplicações, Documentos e Mail, juntamente com o espaço em disco que cada categoria ocupa;

Visualizando as informações adicionais de armazenamento do sistema (Foto: Reprodução/Edivaldo)Visualizando as informações adicionais de armazenamento do sistema (Foto: Reprodução/Edivaldo)

Passo 3. Ao clicar na guia Documentos, por exemplo, você verá a maioria de seus arquivos, ordenados por tamanho. Pelas informações, “Documentos” na verdade inclui as pastas Documentos, Downloads e Área de trabalho;

Visualizando as informações de armazenamento dos documentos (Foto: Reprodução/Edivaldo)Visualizando as informações de armazenamento dos documentos (Foto: Reprodução/Edivaldo)

Passo 4. No separador “Recomendações” tem outras opções. Todas voltadas para melhorar o aproveitamento do espaço em disco. Ativá-las é recomendado e essencial para um bom uso do espaço disponível. A ativação dessas opções é simples e consiste em clicar no botão abaixo do que deseja e seguir as instruções exibidas na tela;

Acessando as Recomendações de armazenamento do MacOS (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito()Acessando as "Recomendações" de armazenamento do MacOS (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito()

Passo 5. O primeiro item é chamado de “Armazenar no iCloud”. Quaisquer arquivos que sejam armazenados com segurança no iCloud são fortes candidatos para serem sinalizados como purgáveis.

O mesmo vale para a sua biblioteca de fotos: qualquer foto em resolução cheia que também exista no iCloud pode ser sinalizada como purgáveis também, mas arquivos JPG otimizado permanecerão no sistema.

Ativando o armazenamento no iCloud (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Ativando o armazenamento no iCloud (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)

Ativar o iCloud Desktop e documentos expande o potencial de arquivos que podem ser marcados como purgáveis. Essas pastas provavelmente contêm a maioria de seus arquivos. Uma vez que são suportados no iCloud, qualquer arquivo poderia tecnicamente ser um candidato a purgável.

Pode ser um pouco assustador ter o sistema operacional gerenciando o armazenamento. Para resolver isso, o melhor que você pode fazer é armazenar o mínimo possível no iCloud, o que reduzirá o número de arquivos potencialmente purgáveis disponíveis. 

Como baixar o macOS Sierra e o iOS 10? Tire dúvidas no Fórum do TechTudo.

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.