Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.
email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

O Brasil é o líder na América Latina na produção de lixo eletrônico, posição que nenhum lugar gostaria de estar. Segundo estudo da Global e-Waste Monitor realizado pela Organização das Nações Unidas (ONU), o país produz anualmente 1,5 tonelada de e-lixo e apenas 3% é coletado de maneira adequada para ser reciclado ou descartado de forma apropriada.

Os equipamentos têm uma composição química com substâncias altamente tóxicas ao meio ambiente e sua decomposição pode trazer muitos prejuízos à saúde humana. Para evitar o perigo e proteger a natureza, descubra como descartar ou reciclar produtos das principais marcas de eletrônicos, como Apple, Samsung, Motorola, LG, Sony, Acer, HP, Lenovo e Epson.

O que é lixo eletrônico ou e-lixo?

O lixo eletrônico, também conhecido como e-lixo, é composto por produtos que não têm mais valor por falta de utilização, substituição ou quebra. A categoria inclui “produtos da linha branca”, como refrigeradores, máquinas de lavar e microondas, além de aparelhos eletrônicos como televisores, computadores, telefones celulares, tablets, drones, assim como pilhas, baterias, cartuchos e toners.

O destino dos resíduos virou um desafio planetário. O Brasil é detentor do título de sétimo maior produtor de lixo eletrônico do mundo, ficando atrás de China, Estados Unidos, Japão, Índia, Alemanha e Reino Unido, respectivamente.

Perigos

Os aparelhos devem ser reciclados de forma cuidadosa por pessoas especializadas. Caso contrário, o risco de contaminação para o meio ambiente e perigo à saúde humana são altos. Países em desenvolvimento como a Índia e a China, quarto e primeiro lugar na produção de lixo no mundo, apresentaram um crescente corpo de evidências epidemiológicas e clínicas ligando o alerta vermelho a ameaça do lixo eletrônico.

No Brasil, um exemplo recente foi o caso da empresa Saturnia, uma das maiores fábricas de baterias industriais e de automóveis do país, que tinha o chumbo como um dos principais componentes da fabricação dos produtos. O processo inadequado de desmonte e reciclagem da bateria causou a poluição do solo na sede da empresa. A exposição humana a esses metais pesados, com o tempo, pode causar doenças cardiovasculares, hepáticas e do sistema nervoso.

Os cartuchos de toners de impressora também contêm um pó, que, ao entrar em contato com o fogo, libera gás metano. Além de agredir o meio ambiente, o componente também pode causar problemas respiratórios. O descarte incorreto da tinta proveniente desses cartuchos pode contaminar o solo e lençol freático, o que deixa o terreno inapropriado para uso e a água para consumo.

Solução

O governo brasileiro criou, em 2010, a Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei nº 12.305/10). Segundo a lei, os fabricantes, distribuidores, comerciantes, consumidores e os titulares dos serviços públicos de limpeza devem tomar medidas para minimizar o volume de resíduos gerados e instituir uma cadeia de recolhimento e destinação ambientalmente adequada pós-consumo.

O descarte de resíduos eletrônicos passou a ser um dos principais desafios ambientais enfrentados pelas companhias de tecnologia, por isso algumas marcas criaram formas de implementar a logística reversa. A proposta é diminuir o impacto do e-lixo ao realizar a análise e o desmonte desses resíduos. A fabricante ficaria responsável por separar os componentes, além de garantir a destinação adequada de cada um deles, seja ao enviá-los para reciclagem, ao utilizá-los em novos produtos ou ao encaminhá-los para aterros especiais.

Na lista a seguir, conheça as formas de descarte ou reciclagem propostas por empresas populares no Brasil.

Apple

A Apple conta com um canal para descarte de seus produtos no Brasil, que inclui toda a linha da empresa, desde fones Beats até MacBooks. Para se informar melhor sobre isso, ligue para 0800 772 3126 ou envie um e-mail para renewbrasil@apple.com.

Samsung

A sul-coreana Samsung possui um programa de reciclagem que oferece urnas de coleta localizadas nas assistências técnicas autorizadas ou nas lojas próprias espalhadas pelo país. Assim, você pode depositar o seu aparelho celular, bateria, pilha ou acessório. No site há um link com a lista de postos de coleta.

Motorola

Desde 1998, a Motorola tem um programa de coleta de baterias usadas. Em 2007, o programa foi expandido para um sistema de coleta de baterias e equipamentos da marca. A iniciativa global, chamada de ECOMOTO, oferece opções de os consumidores descartarem resíduos eletroeletrônicos de forma apropriada em todo o Brasil. No site, além de um link para as lojas e assistências técnicas, a empresa dá dicas de procedimentos a serem tomados.

LG

O programa Coleta Inteligente da LG abrange toda a linha de eletrônicos e eletrodomésticos da empresa, como computadores, celulares, mini-systems e geladeiras da marca LG Electronics. Consulte os postos de coleta.

Sony

No site da Sony, não há informação atualizada sobre as formas de descarte de aparelhos da marca. Para se informar melhor, a empresa oferece um serviço de atendimento ao cliente: ligue para 4001-0444.

Huawei

A Huawei promete reciclar recursos e proteger o meio ambiente. A empresa chinesa faz a reciclagem gratuita de seus telefones usados. No site, há uma ferramenta para buscar o local mais próximo de sua residência.

Acer

A Acer informa que atua com responsabilidade ambiental, ao disponibilizar aos clientes um canal específico para auxiliar na reciclagem e no descarte corretos do seu equipamento Acer. Para se informar melhor sobre isso, ligue para 0800 762 2237 ou envie um e-mail para reciclagem.brasil@acer.com.

Asus

A Asus tem como objetivo reciclar 20% do seu lixo eletrônico global até 2025. Para isso, lançou o programa PC Recycling for a Brighter Future (Reciclagem de PCs para um futuro brilhante, em português) que encoraja o consumidor a reciclar os seus dispositivos usados em pontos dedicados. Para mais informações do programa no Brasil, ligue para 3003-0398 (regiões metropolitanas) ou 0800 288 8888.

Positivo

Para evitar que equipamentos eletrônicos em desuso sejam jogados no lixo comum, e, com isso poluir o meio ambiente, a Positivo Informática criou um serviço de atendimento de reciclagem. Para mais informações, envie um email para recicle@positivo.com.br ou ligue para 4002 6440 (regiões metropolitanas) e 0800 644 7500 (demais localidades).

Dell

A empresa recolhe gratuitamente produtos de sua marca em todo o país. O usuário deve agendar a coleta preenchendo um formulário no site da companhia.

Lenovo

A Lenovo possui um canal específico para auxiliá-lo no descarte de produtos. Caso você possua um produto Lenovo em situação de descarte, ligue para o SAC 0800 885 0500 ou encaminhe um e-mail para reciclar@lenovo.com.

HP

O programa de reciclagem da HP Brasil é gratuito. O usuário deve agendar a coleta preenchendo um formulário de solicitação no caso de cartuchos de tinta ou toners da HP. Para outros produtos, visite o site da empresa que permite o preenchimento do formulário adequado para cada item.

Epson

A Epson criou um programa de coleta de equipamentos, cartuchos, garrafas de tinta, fitas matriciais e lâmpadas de projetores. A promessa da iniciativa é de dar um destino ambientalmente correto aos produtos fabricados pela empresa. São mais de 110 lojas, em 26 estados, que ficam responsáveis por receber os aparelhos. Os endereços podem ser consultados no link.

Semp TCL

A Semp TCL diz ter pontos de coleta em quase todo o país, para entrega e reciclagem de produtos e acessórios da marca. No site da empresa, existe uma busca por estado. Para saber mais, acesse a página oficial da Semp TCL.

Electrolux

O programa de reciclagem da Electrolux recolhe aparelhos antigos da marca e seus acessórios em pontos de coleta, que podem ser consultados na página oficial.

Vivo, Tim, Claro, Oi, Nextel

As Vivo, Tim, Claro, Oi, Nextel, principais operadoras de celular do país, disponibilizam urnas de coletas de celulares e baterias em suas lojas espalhadas pelo Brasil.

GREEN Eletron

A Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (ABINEE) fundou, em 2016, a GREEN Eletron, uma gestora para logística reversa de equipamentos eletroeletrônicos. Entre os programas oferecidos está o Descarte Green com um mapa de postos para coleta de pilhas e baterias.

Ecobraz

A Ecobraz é um projeto socioambiental de reciclagem de equipamentos eletrônicos. A empresa faz coleta de lixo eletrônico em toda Grande São Paulo, Campinas, Sorocaba e Vale do Paraíba. Existe uma página no site para realizar o agendamento.

Coopermiti

A Coopermiti gera trabalho, renda, capacitação, além de promover a educação ambiental e a cultura por meio da reciclagem do resíduo eletroeletrônico. No site oficial, há uma opção para o agendamento de retirada de lixo eletrônico e uma lista de locais de coleta na Grande de São Paulo.

e-lixo RJ

Atuante no mercado desde 2009, a e-lixo RJ é uma cooperativa licenciada para reciclagem de todos os tipos de resíduos eletroeletrônicos. Na página oficial, há um formulário para contato para pedidos de retiradas de e-lixo.

Descarte Certo

Descarte Certo é uma empresa que oferece um serviço de coleta, manejo de resíduos e reciclagem de produtos eletroeletrônicos antigos ou sem condições de uso. A companhia trabalha com uma lista de parceiros para a coleta de itens.

eCycle

O site da eCycle oferece uma ferramenta que mostra o local mais próximo do seu endereço para descarte de determinado item. Vale a pena pesquisar para dar um destino apropriado ao seu lixo eletrônico.

Outras fabricantes

Se a fabricante do seu aparelho não estiver na lista acima, consulte o site da empresa ou o manual do produto para mais informações sobre como reciclá-lo. Outra opção é buscar orientações na prefeitura da sua cidade, assim como na loja onde você comprou o dispositivo.

Onde descartar computadores? Veja dicas no Fórum do TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.