O Zero Rating é uma prática realizada pelas operadoras e algumas empresas de tecnologia que consiste em permitir o acesso de forma "gratuita", ou sem cobrar o tráfego de dados móveis a alguns serviços online, como apps de rede sociais e mensagens. O tema tem causado bastante polêmica, principalmente por causa do Internet.org do Facebook e, no Brasil, pelos planos de operadoras.
Facebook: 5 coisas que você precisa saber sobre a parceria Dilma e Zuckerberg
Internet grátis? Entenda o que está por traz do Zero Rating (Foto: Pond5)
Neutralidade da rede Entidades de defesa do consumidor alegam que o Zero Rating fere a liberdade de escolha dos usuários e com o Marco Civil, no Brasil. Ao permitir o acesso apenas a alguns serviços, as empresas estariam limitando uma das premissas básicas da Internet: a neutralidade da rede. Este é um tema bastante discutido no mundo. A neutralidade é um princípio que visa definir que os dados de todas as pessoas sejam tratados de forma igualitária, ou seja, sem prioridade, diferença de velocidade na transmissão e recepção ou serviços acessados por esses usuários. No Brasil, os parâmetros que definem a neutralidade foram definidos com o Marco Civil da Internet, lei aprovada em abril de 2014 com o objetivo de regulamentar o uso da Internet em todo o país. Operadoras e Internet.org Algumas operadoras brasileiras possuem planos onde o tráfego de dados de alguns aplicativos – como o WhatsApp ou Facebook – não contam para o consumo mensal da franquia. Ao dar prioridade a alguns serviços, no entendi...

>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.