Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.


12 dicas venderUm bom atendimento e algumas adaptações para o mundo virtual podem fazer com que você se diferencie e drible as barreiras da área de vendas imobiliárias

A demanda e oferta dos imóveis continuam em alta, o problema é que muitas pessoas estão preferindo esperar ou não estão conseguindo ter o financiamento aprovado para investir em seus lares. Mesmo assim, o investimento em imóvel ainda continua sendo frequente já que algumas pessoas passaram algum tempo juntando uma certa quantia para, finalmente, comprar uma casa ou apartamento.

Com tudo isso, ainda são grandes as chances de venda de imóveis. Basta criar estratégias que possam driblar todas essas barreiras, já que somente as empresas mais preparadas e os corretores que tiverem uma meta e um foco, poderão aproveitar as oportunidades.

1 – União da equipe

Com o momento delicado que a economia brasileira vem passando, é normal que o emocional dos corretores seja afetado. Por isso, é mais do que importante que todos mantenham a autoestima da equipe elevada, participem de cursos para investirem em métodos de vendas e atualizem-se sobre o mercado para enfrentar a crise.

2 – Propaganda do imóvel

Ter uma boa descrição do imóvel é o que há! Principalmente hoje, que a internet se faz tão presente na vida dos consumidores. A placa de “vende-se” já é algo ultrapassado, que não irá trazer tanto retorno quanto uma boa propaganda nas redes sociais ou outros locais inseridos no mundo virtual.

3 – Site próprio

Tenha seu site próprio de corretor, assim poderá divulgar sua carteira de imóveis e informações sobre você. Isso irá trazer mais profissionalismo e diversos benefícios para você e suas negociações.

4 – Relação com o cliente

Grande parte da conversa na hora de fechar a venda do imóvel se destina a ouvir o cliente, seja suas vontades, desejos, alegrias ou até frustrações com antigos imóveis. O corretor não deve somente tentar ganhar dinheiro em cima da venda, mas deve encontrar também soluções para o problema da pessoa que está interessada em adquirir tal imóvel. Por isso, é imprescindível que toda informação coletada seja utilizada na hora de oferecer possíveis oportunidades.

5 – Contato pessoal

Está correto afirmar que a tecnologia facilita muitas coisas em meio à venda de um imóvel, principalmente a troca de informação entre corretor e consumidor. Apesar disso, vale lembrar que o contato direto com o cliente não deve ser deixado de lado. Sempre que possível, o corretor deve realizar uma conversa que mostre um atendimento individual e especial para o cliente.

6 – Invista no seu potencial

Por ser uma atividade que lida com as expectativas dos clientes, o setor imobiliário precisa buscar a excelência em seu atendimento, tanto pessoal quanto virtual. Investir na capacitação, não só individual, mas também da equipe, é um grande diferencial, que pode alavancar suas vendas mesmo diante da crise.

Treinamentos, cursos, palestras e outros métodos que aumentam o conhecimento do profissional sobre o mercado de imóveis pode fazer com que a crise não afete o temperamento dos seus negócios. Um ótimo exemplo de evento que pode auxiliar o corretor e imobiliárias em seu crescimento e atualização profissional é o Conecta Imobi (www.conectaimobi.com.br), realizado pelo portal VivaReal.

7 – Relembre coisas que ajudaram

Uma venda que fez sucesso a gente nunca esquece, não é mesmo? Portanto, tente se inspirar e lembrar qual foi o diferencial das suas melhores vendas, assim poderá pegar algumas características para serem aproveitadas como estratégias no momento atual.

8 – Tenha abertura para contrapropostas

Na hora da negociação é preciso ter muita cautela já que os próprios clientes tomarão mais cuidado na hora de fechar uma compra. Ouça abertamente contrapropostas e, se valer a pena, reveja o preço que está sendo oferecido ao cliente.

9 – Parcerias são diferenciais

Busque algumas empresas que ofereçam produtos e serviços relacionados a imóveis. Um exemplo disso são lojas de decoração para casa, assim, o novo proprietário do apartamento poderá ter descontos em alguns itens.

10 – Marketing móvel

A maioria das pessoas que vão comprar algo realizam suas buscas pelo celular ou outro dispositivo móvel. Por isso, é importantíssimo ter um site responsivo, ou seja, um site que se encaixa automaticamente no dispositivo que o usuário estiver utilizando (pc, tablet, celular, etc).

11 – Preço competitivo

Com a crise, é natural que as vendas de imóveis tenham os preços mais baixos. Portanto, nada vai adiantar colocar o preço dos seus imóveis lá em cima, pois eles não trarão retorno. Indique aos seus clientes que fiquem dentro dos valores praticados no mercado e se mantenha na média.

12 – E se a resposta for “não”?

Se mesmo depois de utilizar todas as técnicas e se adaptar a uma venda mais propícia para o seu cliente, a resposta dele for não, persista, insista e ressalte novamente, caso já tenha ressaltado, as vantagens do produto que está sendo oferecido. Porém, veja qual é a abertura do cliente, não vale também aborrecer as pessoas com insistência.

Lembre-se de que o cliente que desistiu da compra hoje pode mudar de ideia no futuro, portanto, não feche as portas, trate-o da melhor maneira possível, como se o mesmo tivesse fechado um negócio, pois assim, ele lembrará de você como referência quando pensar em comprar ou alugar um imóvel.

E você, o que anda fazendo para driblar a as barreiras das vendas de imóveis? Deixe em nossos comentários outras técnicas que podem ser utilizadas para não “deixar a peteca cair”.


Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.