A RTX 3060 Ti, da Nvidia, e a RX 6700 XT, da AMD, são duas opções de placa de vídeo intermediária lançadas recentemente. As GPUs prometem alto desempenho para rodar jogos em 1440p e têm suporte a Ray Tracing para melhorias de imagem nos jogos. Contando a tecnologia DLSS 2.0, que permite entregar resoluções maiores mesmo rodando abaixo, a GeForce pode ser encontrada no mercado brasileiro a partir de R$ 5.500.

Já a opção da AMD promete ser superior à rival no jogo Cyberpunk 2077 e em outros títulos, tendo previsão de chegar ao mercado internacional apenas dia 18 de março por US$ 479 (R$ 2.736, em conversão direta). Confira a seguir as principais especificações e recursos das GPUs e saiba qual delas deve ser melhor para você.

Especificações

Como são frutos de duas arquiteturas bem diferentes, as placas possuem especificações técnicas bem distintas entre si. A Radeon, por exemplo, atinge velocidades maiores no papel, com clock base de 2.321 MHz, 2.424 MHz para games e turbo de 2.581 MHz. Já a opção da Nvidia trabalha a velocidades menores, com 1.414 MHz de velocidade base e clock turbo de 1.665 MHz, sem uma definição quanto aos números em jogos, especificamente.

No interior dos processadores gráficos das duas marcas há mais diferenças. A RX 6700 XT é formada por 2.560 processadores stream, organizados em 40 unidades computacionais. Já a placa da Nvidia tem 4.864 núcleos CUDA. Como tem muito mais núcleos, a GeForce acaba compensando a velocidade inferior.

Na memória RAM, mais diferenças. A RTX 3060 Ti tem 8 GB de padrão GDDR6, ligados ao processador gráfico por uma interface de 256 bits que garante à GeForce uma banda de 448 GB/s. Na AMD, os números são 12 GB de GDDR6, 192 bits e 384 GB/s, respectivamente.

Embora a diferença na velocidade de troca de dados entre processador gráfico e memória RAM seja grande e beneficie a Nvidia, é bom ter em mente que a AMD usa caches mais rápidos e generosos em suas novas placas de vídeo. Isso acaba compensando a diferença e dando até vantagem à Radeon em algumas situações.

A RTX 3060 Ti tem 38 núcleos específicos para Ray Tracing, enquanto a concorrente aparece com 40 unidades. Outra diferença é a presença de 152 Tensor Cores no modelo da Nvidia, responsáveis pelo suporte ao DLSS 2.0 – tecnologia que não encontra nenhum paralelo na Radeon.

Desempenho

No momento, a nova placa da AMD ainda não chegou nas mãos de sites especializados para que testes aprofundados sejam realizados, bem como comparações com as placas da Nvidia. Por conta disso, os únicos números de comparação disponíveis são aqueles divulgados pela própria fabricante.

Segundo a AMD, a RX 6700 XT é uma placa para jogar em 2560 x 1440 pixels com desempenho suficiente para superar a RTX 3060 Ti e até mesmo a RTX 3070. Nos testes feitos pela empresa, a placa atingiu 97 fps rodando Call of Duty: Black Ops Cold War, contra 90 fps da rival.

Em Cyberpunk 2077, a Radeon também vence a concorrente da Nvidia, entregando 71 fps no RPG, enquanto a RTX 3060 Ti fica abaixo de 65 fps. Em Dirt 5, a Radeon atingiu a maior margem sobre a rival, com 71 fps diante de 60 fps para a adversária.

Mesmo que os números precisem ser encarados com alguma reserva, há alguns detalhes importantes a serem considerados. As placas RTX 30 da Nvidia têm mostrado performance maior com Ray Tracing quando comparadas às novas Radeon RX 6000, enquanto a AMD não apresenta alternativas ao DLSS 2.0, tecnologia significativa da Nvidia.

Consumo

Segundo a Nvidia, a RTX 3060 Ti tem 200 Watts de TBP, valor que reflete a quantidade máxima de energia que a placa preci

... sa para funcionar corretamente em uma situação de alta demanda. Como o componente não vai precisar de 200 Watts o tempo todo, o consumo deve ser menor. A empresa fala ainda que é ideal utilizar uma fonte de 600 Watts de potência no PC com a GPU, além de conector livre de 8 pinos para alimentação.

Já a AMD informa que o TBP da Radeon RX 6700 XT chega a 230 Watts. O requerimento de fonte de energia também é maior: a fabricante sugere uso de unidade de 650 Watts de potência, com conexão de 8+6 pinos.

Preço e disponibilidade

A Radeon RX 6700 XT chega oficialmente ao mercado internacional em 18 de março e o preço anunciado pela AMD é de US$ 479 (R$ 2,736, em conversão direta). Não há informações ainda sobre a chegada oficial do produto ao Brasil, mas, em condições normais, importadores tendem a disponibilizar lançamentos no mercado nacional em questão de semanas.

Nas nossas pesquisas, a RTX 3060 Ti aparece esgotada nas grandes lojas, mas os preços encontrados começam em R$ 5.500.

Custo-benefício

Nos dois casos, o consumidor interessado em investir na GeForce RTX 3060 Ti e na Radeon RX 6700 XT deve conseguir rodar jogos em 1440p sem grandes problemas. As questões em aberto para definir qual das duas é a melhor escolha, no entanto, são várias. O preço para o mercado brasileiro, ainda desconhecido, por exemplo, pode ser um ponto suficiente para relativizar a aparente vantagem em performance da Radeon.

Outros detalhes também são relevantes. Se a tendência de que as GeForce sejam superiores em Ray Tracing se confirmar na comparação entre os dois modelos, a placa da Nvidia pode recuperar terreno aos olhos de quem valoriza esse tipo de efeito em games recentes. Outro diferencial significativo é que a GeForce suporta DLSS 2.0, tecnologia que promete mais desempenho e imagens nítidas.

Com informações: AMD e Nvidia



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.