Problemas com memória RAM podem ter as mais diversas causas. De instalação incorreta, passando por incompatibilidade com o computador até erros de configuração, as falhas resultam em lentidão, travamentos ou mesmo o não funcionamento do PC. Ou seja: muita dor de cabeça.
Aprenda a usar um pendrive para aumentar a memória virtual do PC Para ajudar a contornar o inconveniente, listamos maneiras de detectar e resolver os principais problemas com memória RAM. Veja qual é o seu caso e mãos à obra. Diagnosticando problemas de memória Os Windows Vista, 7 e 8 contam com uma prática ferramenta chamada “Diagnóstico de Memória do Windows”. Como o nome já diz, ela serve para identificar falhas no processamento da RAM, e assim apontar para uma possível solução. O recurso pode ser usado entrando nas ferramentas administrativas, no Painel de Controle. Este tutorial indica detalhadamente como usá-lo. Embora o passo a passo tenha sido reproduzido no Windows 8, ele é idêntico nas versões anteriores do sistema.
Ferramenta Diagnóstico de memória do Windows (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)
Caso a ferramenta encontre erros, você terá que substituir a memória ou entrar em contato com o fabricante do computador para correção. Isso porque falhas desta ordem são, normalmente, originadas por problemas nos chips de memória ou outra parte do hardware, não podendo ser resolvidos por meio de configuração. Memória insuficiente Alguns indicadores de que o computador está com memória insuficiente são lentidão, travamentos e erros na exibição de menus. Clicar em determinado comando no programa e aparecer uma área em branco, ao invés do conteúdo solicitado, é outra manifestação do problema. Há diferentes maneiras de contornar o defeito. Dependendo da causa, não é necessário instalar novos pentes de RAM. Listamos abaixo algumas maneiras de melhorar o desempenho da memória volátil, de acordo com a origem do déficit. Vazamento de memória: às vezes, um programa opera de forma anormal e não libera a RAM de que não precisa mais. Esse fenômeno é conhecido como “vazamento de memória” e pode ser identificado através do Gerenciador de Tarefas do Windows. Para fazer isso, abra a ferramenta (pressionando ctrl + alt + del e escolhendo a opção correspondente), entre na aba “Processos” e verifique quais aplicações estão consumindo mais memória. Selecione os processos que mais demandam RAM e aperte o botão “Finalizar processo”. Se a lentidão acabar é sinal de que o software em questão ...


>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.