Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

O espaço disponível para os usuários do OneDrive vai diminuir a partir do final de julho de 2016. O armazenamento, que era de 15 GB, deve cair para apenas 5 GB e, além disso, os 15 GB extras para fotos também deve ser descontinuado. O anúncio da alteração já havia sido feito pela Microsoft em novembro de 2015, mas só agora a desenvolvedora avisou oficialmente aos usuários, através de mensagens de e-mail, a data de implementação das alterações, que foi marcada para o dia 27 de julho.

Dropbox ou OneDrive? Descubra qual serviço de armazenamento é o melhor

E-mail da Microsoft informa diminuição do espaço disponível na nuvem (Foto: Reprodução/Microsoft)E-mail da Microsoft informa diminuição do espaço disponível na nuvem (Foto: Reprodução/Microsoft)

A mensagem da Microsoft informa oficialmente a data da alteração e avisa os usuários se eles precisam tomar alguma providência. Aqueles que não usam seu armazenamento, por exemplo, recebem mensagens diferentes de quem ocupa quase todo o espaço disponível - e que será perdido em breve.

A justificativa para a alteração é o excesso de uso do recurso desde que passou a oferecer espaço ilimitado para usuários do Microsoft Office 365. “Um pequeno número de usuários fez backup de vários PCs e armazenaram coleções de filmes e DVRs completos. Em alguns casos, isto ultrapassou 75 TB por usuário, o que representa cerca de 14 mil vezes a média”, justifica.

O plano da desenvolvedora, nesta situação, passou a ser “focado em trazer experiências de produtividade e colaboração de alto valor que possam beneficiar a maior parte de nossos usuários”.

Na época, a Microsoft anunciou a redução do espaço ilimitado do Office 365 para 1 TB e, ao mesmo tempo, a redução do espaço do OneDrive. A data de implementação desta alteração não foi especificada, sendo dito apenas que ela ocorreria a partir do ano seguinte - neste caso, em 2016.

O que vai acontece com o OneDrive?

Quem possui mais de 5 GB de arquivos em sua conta do OneDrive vai continuar tendo acesso a todos os dados por pelo menos um ano (12 meses) após o estouro do prazo no final de julho, mas a recomendação é remover o conteúdo da nuvem da Microsoft para evitar que ele seja apagado.

Via WinBeta e OneDrive

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.