A Microsoft está desenvolvendo uma nova técnica para melhorar a imersão proporcionada pela realidade virtual e aumentada. Além da qualidade, a ideia também pode ajudar a reduzir os efeitos de náuseas causados por alguns tipos de simulação. O projeto, batizado de Sparse Peripheral Display e desenvolvido pela Microsoft Research, estuda o uso de LEDs periféricos nos headsets.
Projeto da Microsoft usa HoloLens para comunicação por hologramas
Na técnica, as luzes se comportam como moduladas de acordo com as imagens exibidas nas telas dos dispositivos. Dessa forma, o campo de visão é aumentado para números mais próximos da realidade, eliminando problemas de enjoo e contribuindo para simulações mais imersivas.
Técnica promete reduzir enjoos e melhorar imersão em realidade virtual (Foto: Divulgação/Microsoft)
Para entender o projeto, vale lembrar que os headsets de realidade virtual atuais (Oculus Rift, HTC Vive, Gear VR e outros) apresentam lentes e telas que constróem um campo de visão não superior a 100 graus. Isso estabelece uma disparidade com a realidade, já que os olhos humanos enxergam um arco maior, de até 180°. O resultado é o efeito binóculos, como na imagem abaixo.
LEDs criam sensação de campo de visão maior e reduz náuseas (Foto: Divulgação/Microsoft Research)
Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone
Como a criação de conjuntos óticos e telas que cubram a área de 180 graus ainda é inviável, a solução apresentada pela Microsoft com...

>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.