Styx: Shards of Darkness é aquele tipo de jogo que você não espera, mas que acaba sendo lançado por conta do relativo sucesso do game original, de 2014. O novo título veio para PC, Xbox One e PS4, mostrando a sequência das aventuras do goblin Styx – um verdadeiro gatuno, extremamente talentoso na furtividade, mas que agora tem uma missão nas mãos que vai além de simplesmente roubar um objeto poderoso. Na verdade, o futuro do reino depende de seu sucesso, e algo pode sair muito errado. Confira a análise completa e veja o que achamos:
Leia o review do primeiro StyxUma história de amor e ódioGoblins nunca foram uma raça muito conhecida por nutrir amor e paixão de outros em cenários de fantasia medieval. O game Styx: Shards of Darkness lida com isso de forma até interessante, usando o ódio que elfos e anões nutram por essas criaturas, já que formaram uma aliança especialmente para caçá-las pelo reinado em geral. Porém, por trás dessa aliança, há algo muito mais sombrio e inesperado.
Styx: Shards of Darkness: confira o review do game (Foto: Divulgação/Focus Interactive)
É aí que entra Styx. Após concluir sua tarefa com sucesso no primeiro jogo, ele precisa lidar com a consequência de seus atos – e com pessoas caçando-o para colocá-lo em uma fogueira, ou no espeto, ou na ponta de uma espada. Como não tem medo do perigo, Styx resolve trabalhar em sua fuga constante contra quem quer lhe cortar a cabeça, e ao mesmo tempo ele precisa descobrir o segredo que pode salvar o reino, além de libertá-lo da ameaça.A histór...

>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.