Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.
email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

A MIBR, equipe brasileira de maior sucesso da história do CS 1.6, está de volta. Após muitos rumores sobre o seu retorno, a organização marcou evento para revelar sua nova line up de atletas para competir no CS:GO. A expectativa é que Gabriel “Fallen” Toledo, Marcelo “coldzera” David e os demais jogadores da SK Gaming venham para a equipe. O TechTudo relembra, a seguir, a trajetória e principais conquistas da Made in Brazil.

Logo antigo da MIBR; veja a trajetória do time que colocou o Brasil no cenário mundial de CS (Foto: Divulgação/MIBR)Logo antigo da MIBR; veja a trajetória do time que colocou o Brasil no cenário mundial de CS (Foto: Divulgação/MIBR)

Logo antigo da MIBR; veja a trajetória do time que colocou o Brasil no cenário mundial de CS (Foto: Divulgação/MIBR)

A MIBR foi a primeira equipe brasileira a conquistar campeonatos mundiais de CS 1.6 e se tornou uma referência no segmento ao competir com grandes equipes da época, como SK Gaming e Fnatic. Ao todo, o time conquistou aproximadamente US$ 245,5 mil (aproximadamente R$ 937 mil em conversão direta) durante seus nove anos de atividade.

A história da organização começou em 2002, quando a equipe ainda se chamava ARENA. Na época, o time se qualificou para disputar a CPL Dallas, porém não havia recursos suficientes para viajar e comparecer ao torneio. O empresário Paulo “pvell” Velloso, pai de Rafael “pred” Velloso, jogador da equipe, custeou a ida da equipe de seu filho aos EUA e com isso tomou gosto pelo CS. Assim, em 2003, o time passa a se chamar MIBR e pvell se torna o dono da organização.

A primeira escalação do time, em 2003, contava com Rafael “pava” Pavanelli, Thiago “btt” Monteiro, Wellington “ton” Caruso, Eduardo “eduzin” Chagas e Alan “adr” Diego Riveros, e tinha Jorge “Jorginho” Elias como coach. Desde então, vários nomes de peso passaram pela equipe, como Alexandre “gAuLeS” Bochi, Bruno “bit” Lima, Bruno “ellllll” Ono, Carlos “KIKO” Segal, Lincoln “fnx” Lau, Renato “nak’ Nakano e Pedro "Maluk3" Campos. O time também fez contratações internacionais como Ola “elemeNt” Moum e Jonas “bsl” Alsaker Vikan, noruegueses.

MiBR na premiação da ESWC 2006 (Foto: Divulgação/ESWC)MiBR na premiação da ESWC 2006 (Foto: Divulgação/ESWC)

MiBR na premiação da ESWC 2006 (Foto: Divulgação/ESWC)

O jogador de maior destaque foi certamente Raphael “cogu” Camargo. O awper era notável por suas jogadas e chegou a ser considerado em 2010 o melhor jogador da América do Sul e o segundo melhor sniper do CS 1.6, segundo o HLTV. Sua jogada mais famosa foi na Electronic Sports World Cup (ESWC) 2006, quando cogu fez 4 abates contra a Fnatic, no mapa Inferno. O jogador tentou repetir a façanha em 2017, no CS:GO, quando jogou de stand in pela Immortals contra a Fnatic, porém desta vez sem sucesso.

Cogu, KIKO, nak, ellllll e fnx em entrevista na ESWC 2006 (Foto: Divulgação/MIBR)Cogu, KIKO, nak, ellllll e fnx em entrevista na ESWC 2006 (Foto: Divulgação/MIBR)

Cogu, KIKO, nak, ellllll e fnx em entrevista na ESWC 2006 (Foto: Divulgação/MIBR)

Além de ter sido o berço de diversos jogadores atuais do CS:GO, a MIBR foi também a equipe brasileira de maior destaque no CS e conquistou seu lugar no cenário internacional. A organização venceu na ESWC 2006, evento considerado a copa do mundo do esport. O time ganhou outros torneios notáveis, como shgOpen 2007, DreamHack Winter 2007 e a GameGune 2008.

Em 2012, a equipe fez uma declaração em seu site oficial, onde dizia que a organização pretendia encerrar as atividades no cenário competitivo. Após nove anos em atividade, a empresa se retirou do cenário que ajudou a desenvolver. O retorno do time foi anunciado em 2016, porém diversos problemas com a negociação de uma nova line up ocorreram e a equipe não saiu do papel.

Paulo Velloso confirmou, em 2018, a venda da marca MIBR para a Immortals. A partir da compra, rumores sobre a volta do time ganharam força. Com a confirmação, agora as maiores expetativas são a respeito dos atletas da equipe. Especula-se que a atual line up da SK Gaming, composta por Gabriel “Fallen” Toledo, Marcelo “coldzera” David, Fernando “fer” Alvarenga, Ricardo “boltz” Prass e Jake “Stewie2k” Yip, vai vir para a Made in Brazil.

Atual line up da SK Gaming é cogitada para ser a nova MIBR (Foto: Divulgação/SK Gaming)Atual line up da SK Gaming é cogitada para ser a nova MIBR (Foto: Divulgação/SK Gaming)

Atual line up da SK Gaming é cogitada para ser a nova MIBR (Foto: Divulgação/SK Gaming)

Para saber tudo sobre a MIBR e CS:GO, fique ligado no TechTudo.

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.