Uma pesquisa realizada na Universidade de Ciência e Tecnologia da Noruega mostra que os padrões de desbloqueio do Android, aqueles em que você precisa ligar pontos na tela, podem ser tão previsíveis quanto as senhas clássicas “1234”, “senha”, “password” e etc.
Novo sensor do Android bloqueia o smartphone quando está longe do dono
O levantamento analisou os padrões de uso de quatro mil usuários para determinar as tendências de comportamento que podem tornar esse tipo de medida insegura diante aos ataques persistentes.
Se o seu padrão de desbloqueio é algum desses, é bom começar a pensar em algo diferente (Foto: Divulgação/Marte Loge)
O estudo, realizado por Marte Loge, verificou que, em média, os usuários do sistema operacional do Google ligam um total de cinco bolinhas com seus padrões de desbloqueio, dentre as nove opções possíveis. O mais surpreendente é que 37% dos usuários usam métodos que unem apenas quatro pontos, o que leva a um universo de combinações de 1.624 possibilidades diferentes.
Assim como senhas comuns, que ficam mais complexas conforme a quantidade de caracteres aumenta, os gestos de desbloqueio do Android também operam da mesma forma. Ao usar nove pontos, são 140.704 combinações diferentes.
Como saber qual a versão do Android do meu smart? Descubra no Fórum do TechTudo Mais grave do que usar apenas quatro pontos de ligação entre os nove permitidos, está o fato de que grande parte dos padrões analisados liga apenas pontos de canto a canto na tela, desenhando contornos b...

>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.