Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

Os imóveis tiveram uma enorme valorização em nosso país nos últimos anos, especialmente nos grandes centros urbanos. Isso fez com que o sonho da casa própria ficasse mais complicado para grande parte das pessoas, e financiar o pagamento tornou-se a melhor alternativa do mercado.

No entanto, ainda há muito desconhecimento sobre o tema. Existem diversas formas de conquistar o crédito necessário e cada uma tem suas características e peculiaridades. Quer aprender um pouco mais sobre elas? Então conheça as principais opções de financiamento imobiliário:

Financiamento pela Caixa

O financiamento imobiliário pela Caixa Econômica Federal é muito popular no Brasil e segue como a principal forma de obter crédito para a aquisição de propriedades em nosso país. A sua maior vantagem é que o consumidor já pode se mudar imediatamente, mas terá muitos anos ou até décadas para pagar o montante recebido. Mesmo sendo a maior concessora de empréstimos para compra da casa própria, o banco vem tomando algumas medidas que restringem um pouco o acesso ao financiamento, como o aumento de juros e a redução do percentual máximo a ser financiado.

Por essa razão, ele é uma alternativa mais atraente especialmente para quem vive em uma faixa de renda mais baixa, que pode se valer de todas as vantagens de programas habitacionais como o “Minha Casa Minha Vida”. Ainda assim, é preciso um bom planejamento familiar no início, pois o valor de entrada é um pouco mais alto do que o de muitas instituições particulares, mas essa diferença é facilmente compensada ao longo do processo.

Financiamento direto com a construtora

Essa é a alternativa perfeita para quem quer comprar um imóvel na planta ou em construção e pretende quitar as parcelas em um período de tempo menor. Além disso, o momento econômico pouco favorável é ideal para essa opção, pois as incorporadoras estão fazendo de tudo para se livrar dos imóveis remanescentes e isso dá um excelente poder de negociação para o comprador.

O financiamento direto com a construtora traz também menos exigências e menor rigidez do que o empréstimo bancário e, no caso de não conseguir arcar com as parcelas do contrato, ainda há a possibilidade de realizar um acordo com a empresa. Outro aspecto positivo é que você adquire unidades modernas, com excelentes perspectivas de valorização e instalações em perfeitas condições de uso. Vale apenas ficar de olhos abertos com os juros depois de receber as chaves: eles podem levar a um aumento no preço final.

Financiamento imobiliário em outros bancos

Muitas instituições bancárias particulares estão investindo bastante no setor e vêm ampliando a liberação de crédito para aquisição da casa própria. A grande questão é que esses bancos são mais atraentes para quem deseja lidar com um valor de imóveis mais elevado e possui estabilidade no emprego, pois seus contratos são altamente negociáveis e o cliente tem mais poder de barganha conforme sua renda e a limpeza do seu nome no mercado.

Eles também podem ser uma boa alternativa para quem já possui uma conta corrente, poupança ou aplicações na instituição. Os gestores tendem a oferecer boas vantagens para clientes antigos e que tem um bom relacionamento com a instituição pode alcançar taxas de juros ainda menores.

Essas são as melhores opções de financiamento imobiliário do mercado! Escolheu a que mais se encaixa com o seu perfil? Ainda ficou com alguma dúvida? Conte para nós nos comentários!

 

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.