Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

O Minha Casa Minha Vida já beneficiou várias pessoas, entregando moradias e financiando a compra de imóveis. Apesar de já ser bem conhecido pelo cidadão brasileiro, o programa do governo federal ainda é envolto de algumas dúvidas sobre o processo e as condições de pagamento.

Pensando nisso, fizemos esse guia com 6 perguntas e respostas sobre o Minha Casa Minha Vida. Confira!

1. Só dá para participar por sorteio?

Não. Os sorteios, em geral, são feitos pelas prefeituras das cidades em que se deseja adquirir o imóvel e ocorrem se não houver moradias suficientes para atender a todos que se inscreveram no programa.

Participam do sorteio pessoas que têm renda familiar mensal de até R$1.800,00. Esse grupo deve se inscrever na prefeitura ou entidade organizadora e aguardar ser chamado.

Já famílias com renda mensal entre R$ 1.800,00 e R$6.500,00 podem participar do programa por meio de uma entidade organizadora ou de forma individual.

Atenção: não é necessário dar nenhuma entrada ou sinal no momento da inscrição. Se for pedida alguma quantia para entrar no programa, é golpe!

2. Quais as modalidades de financiamento?

Existem três faixas de financiamento para o programa Minha Casa Minha Vida. Elas são definidas de acordo com o perfil do participante e oferecem tempos de pagamento e juros diferentes. São elas:

Faixa 1

Direcionado para famílias com renda mensal de até R$1.800,00, esse financiamento oferece até 120 meses para pagar. As prestações ficam entre R$80,00 e R$270,00.

Faixa 2

Para famílias com renda de até R$2.350,00, podem financiar imóveis novos ou na planta com até 30 anos para pagar. Já famílias com renda de até R$3.600,00, podem contar com subsídios de até R$27.500,00.

Faixa 3

Essa faixa de financiamento é para famílias com renda mensal bruta de até 6.500,00, e oferece taxas de juros menores em relação ao mercado.

3. Quem tem o nome com restrições pode participar?

Nas regras do programa não há nenhum impedimento para quem tem restrições no CPF. Porém, isso pode dificultar a aprovação de crédito para algumas modalidades de financiamento. Por isso, é recomendável resolver todas as eventuais dívidas e problemas antes de se inscrever.

4. Demora muito para ser contemplado pelo Minha Casa, Minha Vida?

Isso depende de vários fatores. Se a inscrição for feita na prefeitura, é necessário aguardar o sorteio das unidades, o que pode demorar ou não. Mas, se a inscrição for feita por entidade organizadora ou individualmente, o tempo de espera para a liberação do imóvel é de até 15 dias após a aprovação do financiamento.

5. O que acontece se o pagamento atrasar?

Quem atrasa as parcelas do financiamento pelo programa Minha Casa Minha Vida pode perder o imóvel e ser impedido de participar novamente do programa em qualquer modalidade de financiamento. Além disso, o atraso pode gerar restrições no CPF.

6. É possível adiantar as parcelas?

Sim. As parcelas do financiamento pelo programa são decrescentes, já que cada vez que você paga a dívida diminui e os juros consequentemente também. Também é possível usar o Fundo de Garantia para liquidar parte do valor do financiamento.

Financiar um imóvel parece uma tarefa assustadora, mas com informações corretas tudo fica mais fácil! O programa Minha Casa Minha Vida pode ser uma ótima alternativa para comprar um apartamento e ter o imóvel dos sonhos.

Para ficar de olho em mais conteúdos como esse, siga-nos nas redes sociais!

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.