Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

Especialmente para quem enfrenta a missão de adquirir um imóvel pela primeira vez, a dúvida entre escolher um apartamento novo, usado ou na planta é bastante recorrente. Sejam quais forem as sua preferências, é fato que cada uma dessas opções possui vantagens e desvantagens e que, portanto, devem ser analisadas com cautela antes de qualquer decisão.

Além disso, é preciso ter cautela para não cair em armadilhas ao fazer esse grande investimento. Então, para não errar na escolha e nem na negociação, confira as nossas dicas abaixo!

Apartamento novo

A principal vantagem de comprar um apartamento novo e já pronto é a garantia de contar com uma moradia de primeira qualidade, com todos os seus elementos em perfeitas condições de uso. Nessa opção, você ainda tem a possibilidade de financiar 100% do valor do imóvel.

O ponto negativo fica para o preço do bem, já que costuma ser bem mais caro do que quando foi lançado na planta, e também quando comparado com um modelo usado.

Apartamento usado

Diferente das novas construções, um apartamento usado costuma ter um preço mais baixo e bastante atrativo para compradores. Além disso, há muitas opções à venda, então a variedade faz com que você possa escolher a residência que mais tem a ver com você.

O ponto negativo é que esse modelo de compra não permite financiar 100% do valor do imóvel. Além disso, podem haver imóveis em má condições, o que demanda diversos reparos e até reforma para que se tornem adequados às necessidades dos novos proprietários.

Para evitar encontrar um apartamento usado que exigirá esses gastos, às vezes é preciso procurar bastante no mercado em busca do apê ideal. Outro ponto a considerar é o valor de venda de um apartamento usado, que costuma ser menor no mercado.

Apartamento na planta

Um apartamento adquirido na planta costuma ter um preço mais baixo do que os imóveis prontos para morar, especialmente, quando financiados ainda no período de lançamento. Nessa fase, muitas construtoras costumam oferecer descontos para quem compra o projeto na planta, o que torna a opção mais vantajosa para quem pretende apostar no imóvel como um investimento. Em uma possível venda, o proprietário poderá obter bons lucros com a valorização futura do bem.

A desvantagem, nesse caso, é a espera necessária para usufruir do espaço do imóvel. Dependendo da empresa responsável pela construção do empreendimento, o período aguardado para a entrega das chaves pode exceder o prometido e gerar dores de cabeça ao comprador. Nesse sentido, vale dar uma boa pesquisada sobre a reputação da construtora para verificar se ela cumpre os prazos e satisfaz seus clientes.

 

Como comprar um apartamento sem cair em pegadinhas?

Quem compra um imóvel, seja ele para fim comercial ou residencial, sempre estará sujeito ao risco de fraudes e ofertas enganosas. Ainda assim, é possível se preparar com atitudes preventivas antes de fechar qualquer negócio.

Pesquise a credibilidade dos envolvidos

Para ficar longe de investimentos duvidosos, pesquise sobre todos os elementos envolvidos nas operações. Na internet e por meio de antigos clientes, é possível verificar e avaliar a credibilidade de diversas construtoras, imobiliárias e demais vendedores do mercado. Além disso, exija sempre a documentação do imóvel e do proprietário atual para saber se ele é mesmo o dono do empreendimento.

Visite o apartamento escolhido mais de uma vez

Em qualquer negociação de imóvel, é essencial que o comprador interessado faça uma visita ao local. Em um simples contato inicial com o espaço, é possível identificar problemas e conferir se as informações indicadas pelo vendedor estão de acordo com o que está sendo apresentado.

Para garantir o máximo de dados sobre o apartamento, a dica é fazer visitas em horários diferentes do dia. Dessa maneira, você consegue ver a quantidade de incidência de luz natural, ventilação e sombreamento em cada cômodo do imóvel.

Além de escolher um lar arejado e, portanto, mais saudável, você também garante um patrimônio mais valorizado no futuro. A certeza disso está no fato de que apartamentos posicionados em andares mais altos e com face para o sol são mais disputados no mercado.

Leia todas as folhas do contrato

Na pressa de fechar negócio do tão sonhado apartamento, muitos compradores assinam o contrato sem ler o mínimo de informações. Ações como essa podem deixá-lo suscetível a riscos e desentendimentos com a empresa ou vendedor responsável pelo empreendimento.

Como um dever e direito seu, dedique tempo suficiente para fazer a leitura de todo o documento e, se for preciso, contrate um advogado para acompanhá-lo na tarefa e mantê-lo mais seguro nas decisões.

Como outros processos da vida que são realizados pela primeira vez, a compra do imóvel próprio não precisa ser vista como uma tarefa cheia de mistérios. Hoje, quem realmente tem interesse em alcançar esse objetivo deve, sim, pesquisar muito para não deixar que a ansiedade atrapalhe a análise crítica.

Buscando as informações sobre as dificuldades que envolvem cada etapa desse grande negócio, você passará a entender a importância da reflexão em cada momento de decisão. Na hora de partir para a prática, com certeza, boa parte das dúvidas sobre como comprar um apartamento terão sido extintas, e você ainda terá a segurança de apostar em uma boa oportunidade.

Depois da entrega das chaves, a certeza será uma só: curtir o apartamento tão sonhado com os amigos mais próximos e a família, sentindo orgulho de si mesmo por ter tomado essa decisão com paciência e o apoio dos profissionais adequados.

 

Restou alguma dúvida? Comente!


Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.