Parece sopa de letrinhas: OLED, 4K e Ambilight. Estas três tecnologias estão em uma nova televisão que a Philips revelou nesta quinta-feira (1º), em Berlim. A TV 901F tem 55 polegadas e roda o sistema Android TV. Quando chegar ao mercado, a promessa do aparelho é de reproduzir cores mais vivas e manter os pretos "ainda mais pretos".
Também na IFA, Sony revela o smartphone Xperia XZ
Para entender melhor, é preciso explicar o que significa cada uma das tecnologias presentes no aparelho. Vamos nessa?
Tela de 55" tem alto contraste e "pretos mais pretos" devido ao painel de OLED (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)
O OLED é uma forma de construção do painel da televisão, onde ficam os pontos luminosos que compõem as imagens – batizados de pixels. A tecnologia OLED possibilita que um pixel preto fique absolutamente apagado, sem acender nenhuma iluminação embaixo dele. O contraste – a diferença entre as cores – fica gritante, garantindo maior qualidade na reprodução das imagens.
Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone
O 4K é a resolução do dispositivo. Quatro vezes mais poderosa que a tradicional Full HD, ela comporta mais pontos luminosos – de novo, os pixels. O resultado disso são imagens com mais detalhes, como na pele ou cabelo das pessoas, desde que o conteúdo em reprodução tenha sido produzido em 4K.
Detalhe da base da TV Philips 901F com Android TV (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)
Já existem séries em 4K no Globo Play, o aplicativo de vídeos da...

>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.