Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.
email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

O primeiro smartphone com blockchain pode chegar ao mercado ainda este ano pela Sirin Labs. O Finney, nome dado em homenagem ao primeiro usuário do Bitcoin, possui mecanismo de segurança avançada para armazenar as criptomoedas. O celular também conta com ficha técnica de smartphones premium, incluindo tela em formato 18:9, processador Snapdragon 845 e traseira de vidro Gorilla Glass. A expectativa é de que o smartphone tenha preço sugerido de US$ 999 (cerca de R$ 3,6 mil, sem considerar taxas).

Finney é o novo smartphone seguro da Sirin Labs (Foto: Divulgação/Sirin Labs)Finney é o novo smartphone seguro da Sirin Labs (Foto: Divulgação/Sirin Labs)

Finney é o novo smartphone seguro da Sirin Labs (Foto: Divulgação/Sirin Labs)

Produzido pela empresa suíça Sirin Labs, uma startup que se dedica ao desenvolvimento de celulares e computadores com tecnologias de cibersegurança, em parceria com a Foxconn, o Finney possui carteira digital de "armazenamento frio", capaz de armazenar criptomoedas, como Bitcoin, Litecoin e Ethereum, e tokens.

Segundo a fabricante, o celular é "ultra-seguro". O dispositivo conta com um mecanismo onde a carteira é totalmente desconectada do resto do smartphone enquanto não estiver em uso. Ela pode ser acionada por meio de um botão específico, que conta com recursos resistentes à violações.

Com a carteira de alta segurança, o Sirin OS, sistema operacional baseado no Android 8, e um serviço de conversão de token, o Finney promete simplicidade nas operações. Assim, o usuário terá acesso a diferentes aplicações descentralizadas, sem precisar obter vários códigos de autenticação por meio de um serviço de câmbio.

Celular tem sistema para guardar criptomoedas (Foto: Divulgação/Sirin Labs)Celular tem sistema para guardar criptomoedas (Foto: Divulgação/Sirin Labs)

Celular tem sistema para guardar criptomoedas (Foto: Divulgação/Sirin Labs)

A ficha técnica inclui recursos avançados, como o processador Snapdragon 845, memória RAM de 6 GB, armazenamento interno de 128 GB e bateria de 3.000 mAh. A câmera traseira tem 12 megapixels com abertura de f/1.8 e autofoco a laser. Já a frontal conta com resolução de 8 MP e lente grande angular com abertura f/2.2.

A tela do Finney é de 6 polegadas em formato 18:9, densidade de 402 pixels por polegada (ppi) e bordas superior e inferior curvas. O celular também conta com leitor de impressões digitais, Bluetooth 5.0 e traseira com vidro Gorilla Glass.

Ficha técnica do Sirin Labs Finney

  • Tamanho da tela: 6 polegadas
  • Formato da tela: 18:9
  • Densidade de tela: 402 ppi
  • Câmera principal: 12 MP, f/1,8 e autofoco a laser
  • Câmera frontal: 8 MP, f/2.2, 85º (grande angular)
  • Sistema: Sirin OS / Android 8.1
  • Processador: Qualcomm Snapdragon 845 (8 núcleos)
  • Memória RAM: 6 GB
  • Armazenamento (memória interna): 128 GB
  • Cartão de memória: compatível
  • Capacidade da bateria: 3.000 mAh
  • Cores: preto, branco e cinza
  • Conectividade: Bluetooth 5.0 e WiFi 802.11 a/b/g/n/ac 2x2 MIMO

Com informações de Engadget, Android Police e Sirin Labs

Quais modelos recentes de celular têm Android puro? Descubra no Fórum do TechTudo.

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.