O Faceglória, rede social brasileira direcionada a evangélicos, respondeu à notificação extrajudicial do Facebook de forma inusitada. Sem saída, para não ver o site em uma guerra perdida, Acir Filló, criador do Faceglória, quer propor uma parceria. A polêmica começou após a rede social de Mark Zuckerberg enviar uma solicitação para que o novo site mudasse de nome. Além da marca, o Facebook reclama que o visual também é muito semelhante e pode causar confusão e indução ao erro do usuário.
Em defesa do FaceGlória, criador acusa Zuckerberg de copiar Orkut e mais
Faceglória envia resposta à notificação extrajudicial (Foto: Reprodução)
Filló, criador do Faceglória, explicou, em entrevista ao Techtudo, que o primeiro ponto apresentado na resposta é o fato do INPI (Instituto Nacional da Propriedade Industrial) ter concedido, mesmo após oposição, a patente de marca ao Faceglória. Sobre o layout da página, o fundador volta a se defender dizendo que o modelo de rede social não é do Facebook e que outras redes têm o mesmo modelo.
“Rede social é como se fosse a roda, ela já foi inventada. Cada uma pode destoar por um detalhe, como a cor, mas a essência é a mesma”, argumenta. Entretanto, talvez o ponto mais importante do documento enviado pela rede social cristã é a sugestão de uma possível aliança com o Facebook. De acordo com Filló, o site está aberto para conversa sobre diferentes possibilidades. Entretanto, seu maior desejo é não acabar com a essência do Facegloria: ser uma rede social com princ...

>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.