A Intel quer levar a próxima geração de processadores Xeon Phi para estação de trabalhos . A nova CPU, chamada por enquanto de Knight’s Landing, promete ter capacidade para  mais de 3 teraflops de desempenho e está sendo considerado um dos chips mais poderoso criado pela empresa.
Chromebit 'baratinho' da Google e Asus transforma TV em computador
A expectativa da Intel é que no primeiro semestre de 2016 os supercomputadores sejam entregues para um seleto grupo de cientistas.
Processador utiliza mesmo formato de placas de vídeo (Foto: Divulgação/Intel)
Ao longo dos anos, a Intel tem investido pesado para colocar os processadores Xeon em mais aparelhos. A linha de CPUs, conhecida por integrar servidores por conta do seu alto poder de processamento, recentemente também ganhou versões para notebooks. A Lenovo foi uma das primeiras empresas apostar em computadores portáteis com o novo Xeon E3-1500M. O novo Xeon Phi não será  um processador comum. A começar pelo design que é bem similar a uma placa de vídeo. A Intel chama esse tipo de CPU de co-processador. Ele se conecta a placa mãe via barramento PCIe e conta até mesmo com memória RAM e sistema operacional próprios. O novo modelo terá nada menos do que 72 núcleos. Ao todo serão 16 GB de MCDRAM, um tipo de memória que oferece até cinco vezes mais largura de banda do que o modelo DDR4 e melhor eficiência energética do que a GDDR5 utilizada em placas de vídeo.
O que é melhor: ultrabook, notebook ou MacBook? Comente no Fórum do TechTudo Computadores com processadores deste tipo são utilizados para trabalhos que necessitam de alto poder de processamento e cálculos complexos. Entre as aplicações ...


>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.