Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

Você já sentiu vontade de se afastar da vida atribulada das grandes cidades e se reconectar com a natureza? Para muitas pessoas, deixar os engarrafamentos, a agitação da cidade e a poluição para trás parece um sonho distante da rotina nas metrópoles. Então, comprar uma chácara tem feito cada vez mais sentido.

O ar puro e o contato com a natureza são uma verdadeira terapia para diminuir o estresse e recarregar as baterias. No entanto, é preciso ter sabedoria na hora de procurar por esse tipo de imóvel.

Quer dar o lance certo na hora de realizar esse sonho? Então confira as nossas dicas.

1. Observe o estado de conservação

A primeira coisa que você precisa observar antes de comprar uma chácara é o estado de conservação da propriedade. O contato com a natureza e o visual rústico são características altamente desejáveis, mas cuidado: essas estruturas também podem deteriorar com o tempo e causar alguns problemas que podem passar despercebidos.

É provável que a casa possua muitos itens de madeira, até paredes, armações e telhados feitos desse material. É preciso analisar, acima de tudo, se a madeira é de boa qualidade. Carvalho, cerejeira, mogno, nogueira e garapeira são alguns exemplos que devem ser valorizados. Fuja de compensados ou de espécies baratas e pouco resistentes. Procure também por focos de cupim, falhas e rachaduras.

As partes hidráulicas e elétricas também merecem atenção redobrada. Canos antigos podem apresentar vazamentos e infiltrações, o que pode gerar desperdício e colocar em risco a resistência de vigas e paredes minadas com água ou umidade. O quadro de energia também deve ser modernizado: confira se existem pontos de tomada suficientes ou se há a possibilidade de ampliá-los.

2. Avalie a localização

Outro item fundamental e que não pode ser desprezado na compra da sua chácara é a localização. Considerada por muitas pessoas como a variável mais importante a ser avaliada na compra de uma propriedade, a localização pode ser ainda mais fundamental no caso de um imóvel afastado dos grandes centros.

Caso você adquira uma chácara apenas para passar alguns dias vez ou outra, e ela for muito afastada da sua casa, por exemplo, as chances de visitá-la podem diminuir. A não ser, é claro, se você quer ficar longe da cidade onde mora, mesmo!

É importante notar também se o município no qual ela se encontra apresenta boas condições de segurança. Afinal, locais ermos e muito afastados podem ser visados por pessoas mal intencionadas. Como os proprietários costumam ficar muito tempo fora, é interessante que a chácara seja em uma região segura e com baixos índices de criminalidade.

Por fim, vale observar o posicionamento da casa em relação à luz do sol. O ideal é que os cômodos mais nobres, como os quartos, recebam mais raios solares pela manhã. Isso torna a residência mais agradável e as temperaturas mais amenas.

3. Considere o tamanho

O tamanho do terreno jamais pode ser desprezado na hora de comprar uma chácara. É preciso avaliar que grandes dimensões trazem muito trabalho, e isso provavelmente é o oposto do que você deseja ao adquirir esse tipo de propriedade.

Pondere quais são as suas principais intenções nesse negócio: ter uma casa principal confortável, criar animais de pequeno ou grande porte, dispor de várias áreas de lazer, possuir um lago para pesca, enfim, o que você desejar. Depois, procure encaixar essas demandas no lugar e confira se ele atende às suas expectativas.

Não é necessário definir uma metragem superior ao que você precisa: isso só trará mais custos e tomará mais seu tempo.

4. Calcule os gastos fixos

Além de todas as contas que uma casa regular possui – como água, luz e gás –, uma chácara ainda terá diversos gastos extras. Afinal, propriedades do campo e afastadas da cidade podem exigir mais manutenção. Não ter vizinhos de porta ou funcionários do condomínio, por exemplo, pode demandar que você contrate um caseiro.

Contratar um caseiro exige contar com uma habitação anexa à casa principal. Afinal, ele será o responsável por não deixar que a terra seja invadida, pela conservação das estruturas, pela manutenção de jardins e pomares, pela limpeza geral e pelos cuidados com os animais, tornando fundamental que ele resida em um local mais prático.

Se você não quer arcar com esse empregado doméstico, certamente será ainda mais importante pensar na localização e no tipo de propriedade que você deve adquirir. Sem o caseiro, também é importante investir em uma caixa de ferramentas completa. Afinal, ninguém quer ficar na mão caso algo dê defeito!

5. Pesquise bastante

O número de chácaras disponíveis no mercado certamente não é tão grande quanto o de casas e apartamentos. Essa realidade faz com que seja ainda mais importante pesquisar muito antes de fazer uma proposta, pois da mesma forma que pode ser complicado ter boas opções de compra, algumas oportunidades de ouro podem estar escondidas esperando por você.

Atualmente, a internet funciona como uma ótima fonte de pesquisa. Além de conferir quais chácaras à venda, você também pode comparar preços, pedir mais dados ao corretor de imóveis e até buscar outras dicas para administrar melhor esse tipo de habitação.

6. Conte com uma imobiliária

Contar com a intermediação de uma imobiliária credenciada é certamente um dos pontos mais importantes para quem quer comprar uma chácara. A experiência dos profissionais pode ser muito útil para ajudá-lo a conferir tudo o que importa no imóvel, garantindo que você realize seu sonho da forma mais satisfatória o possível.

Além disso, os corretores terão informações de bons negócios e saberão lhe dizer se o valor pedido pelo proprietário está dentro do que é aceitável para aquela área. Acredite, donos de propriedades rurais podem pedir quantias muito fora da realidade do mercado!

A imobiliária também tem todo o conhecimento jurídico para que você não corra o risco de comprar gato por lebre. Ela só oferecerá imóveis que estão de acordo com a justiça e sem pendências legais.

O auxílio profissional ainda é muito útil na hora de fazer um contrato justo, que resguarde os direitos e deveres de ambas as partes. Você pode até tentar fazer tudo sozinho, mas nada melhor do que ser bem orientado na hora de realizar um negócio dessa dimensão, não é verdade?

E aí, preparado para escolher sua nova chácara? O que mais gosta na ideia de obter esse lar no campo? Comente!

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.