Ghost Recon Wildlands, jogo apresentado pela Ubisoft na E32016, sai em 7 de março para PS4, Xbox One e PC. Um de seus produtores, Matthew Tomkinson, conversou com o TechTudo durante a BGS 2016, para explicar melhor o desenvolvimento e a temática que mistura um pouco de The Division com GTA.Ghost Recon: Wildlands quer ter o maior mundo aberto da Ubisoft
Um mundo aberto no cartel mexicano Wildlands é mais um jogo que utiliza conceito de mundo aberto na Ubisoft. Contudo, diferentemente de Watch Dogs e Far Cry, ele mescla jogabilidade em terceira pessoa, mas com possibilidades diversas do que fazer nos cenários. Liberdade é uma das palavras-chave de seu desenvolvimento.
O produtor de Wildlands, Matthew Tomkinson (Foto: Reprodução/Felipe Vinha)
Apesar de não estar jogável para o público, o título está sendo apresentado no “cinema” que a Ubisoft preparou dentro da BGS. Para Tomkinson, a proximidade do público é fundamental para apresentar uma “marca nova” ao mercado, ainda que esta leve o nome “Ghost Recon”. “Acho ótimo, principalmente porque o público brasileiro gosta desse tipo de game!”, apontou o produtor.
Ghost Recon Wildlands mistura GTA com The Division (Foto: Divulgação/Ubisoft)
A jogabilidade em terceira pessoa é justamente feita para dar liberdade ao público. “Este é o maior jogo que já fizemos em toda a Ubisoft. O mapa é imenso e as possibilidades são muitas. Termos o estilo de jogo em terceira pessoa só beneficia isso, apesar de algumas inspirações que temos em títulos de primeira pessoa...

>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.