Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

Morar em um apartamento alugado é uma realidade presente na vida de muitos brasileiros. Seja por escolha ou necessidade, viver de aluguel pode ser sinônimo de delicados problemas para os inquilinos.

Neste artigo, falaremos sobre 4 problemas que você enfrenta por morar em um apartamento alugado. Confira:

1. Ser obrigado a se mudar repentinamente

Uma dos grandes problemas que você pode enfrentar por morar em um apartamento alugado certamente é o risco de ser obrigado a se mudar, dependendo do contrato de locação.

Em muitos casos, podem existir cláusulas que permitam ao locador retomar o imóvel, caso decida fazer uma renovação no local ou, até mesmo, vender o apartamento.

Com isso, uma mudança fora dos planos pode fazer com que você saia de um local onde já se sentia completamente ambientado e ainda comprometer as suas finanças com os gastos para se instalar em um novo apartamento.

Mesmo que uma eventual venda não seja concretizada, será necessário permitir aos interessados o acesso ao interior do apartamento, o que pode causar certo transtorno.

2. Sofrer com o aumento do aluguel

Diferentemente de um financiamento, em que o valor das parcelas tende a cair com o passar dos anos, quando você opta por morar em um apartamento alugado, pode ter uma surpresa negativa em um curto espaço de tempo com o aumento do aluguel.

Quando você procura um imóvel para alugar, certamente leva em conta as opções que cabem no seu orçamento. Acontece que, normalmente, o valor do aluguel é válido por um ano — de acordo com o compromisso mínimo firmado pelas partes.

Findo o período, o aluguel pode aumentar em uma proporção que exceda a sua capacidade de pagamento, obrigando à busca de um novo local para morar em muito pouco tempo.

3. Deixar de investir em um patrimônio próprio

Por mais que você passe anos morando de aluguel no mesmo apartamento e se apegue ao local, a verdade é que, quando você tiver de se mudar, não haverá retorno algum de todo o dinheiro pago.

Ao financiar um imóvel, ainda que a propriedade só passe efetivamente para o seu nome após a quitação do financiamento, cada prestação paga estará garantindo o seu patrimônio.

Em um financiamento, mesmo que você precise vender o imóvel, ainda é possível recuperar o valor investido — o que definitivamente não ocorre com um apartamento alugado.

4. Enfrentar dificuldades com a manutenção do apartamento alugado

Embora o fato de não se preocupar com a manutenção do apartamento alugado possa ser uma vantagem, a mesma condição pode acarretar sérios problemas, dependendo do locador.

Em muitos casos, a manutenção e reparos necessários podem demorar muito tempo para serem realizados. Muitos proprietários são intransigentes também quanto a pedidos de adequações específicas, o que pode ser a causa de grandes desgastes.

Ainda que, para muitas pessoas, seja a única solução aparente, o aluguel pode não ser a melhor escolha em razão de vários problemas possíveis — como os citados em nosso artigo.

Pode valer a pena, portanto, começar a se organizar financeiramente para que morar em um apartamento alugado não se torne uma condição permanente em sua vida!

E então, este artigo foi útil para você? Não deixe de compartilhar o conteúdo com os seus amigos nas redes sociais!

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.